quinta-feira, 30 de julho de 2015

E se passaram dez anos...

Hoje,logo cedo estava pensando em toda minha vida e me dei conta que hoje é dia 30 de julho.Tá,e daí?
dez anos atrás,Deus foi lá e com todo o amor do mundo me trouxe para perto dEle!
Para quem não sabe,eu saía muito.Tinha uma amiga baladeira e vivia nas baladas por ai...
Na verdade,eu queria fugir da realidade e buscar algo que me completasse.Eu fiquei assim por cerca de 1 ano.
Uma bela noite,essa " amiga" me chamou para irmos num barzinho legal e blábláblá...Lá fui eu com minha bota nova(caríssima,porque sim,eu gastava dinheiro com coisa que pouco usava...),um frio congelante,mas dia de balada era dia de balada.
Encontramos uns amigos da tal amiga e fomos pro tal barzinho,um lugar bem legal,até agradável.Mas naquele dia eu não me diverti,subi num mezanino e fiquei lá sentada,sozinha olhando o povo rir e conversar animadamente entre um drink e outro,dançando quando tocavam suas músicas favoritas.Me senti um peixe fora d'água ,aquele não era o meu lugar.Eu pensei: eu vou voltar para casa e minha vida continuará vazia,faltando um pedaço...
Naquele dia eu decidi: Não era aquela vida que eu queria,não queria passar a vida em bares e baladas,eu queria mais para a minha vida!
Naquele noite,madrugada do dia 30 de julho de 2005 eu falei para a 'suposta amiga' que aquela era a última balada,que eu iria voltar para a igreja...seu eu vi alguém furiosa,foi naquele dia!Nunca havia visto uma 'amiga' tão louca daquele jeito.Me falou coisas muito feias,até ouvi que eu era insuportável,posso até ser,mas por qual motivo me 'aturou' por tanto tempo?Até a fisionomia dela mudou,Deus me livre!
Ai vem a velha história,quando você está fazendo o que os outros querem,você é a mais legal do mundo,teve(e falou ) opinião contrária,já era,você é insuportável,chata,ninguém que suporta...e o que eu penso disso? Livramento!
Amigos de balada a gente pode ter muitos,amigos de verdade...quase nenhum!
Quando ouvi tudo o que ela tinha a dizer,tudo o que ela pensava à meu respeito,simplesmente entrei no ônibus e tchau.Para mim acabou ali,sem bate boca ou ofensas da minha parte.
E sim,comecei a frequentar uma igreja,da qual fiz parte por cerca de 4 anos,tempos difíceis vieram e eu conheci Deus como nunca havia conhecido,eu descobri que Ele me ouve,e me responde ...eu entendi,comprovei que sim,Deus é meu pai!E o melhor,consegui preencher aquele vazio sabe.E fica preenchido sempre,eu não preciso estar em bares ou baladas para estar feliz.Descobri a diferença entre estar feliz e ser feliz.
Quando eu estava nas baladas,eu ficava feliz por momentos,depois voltava a estar vazia.
Quando encontrei Deus,verdadeiramente,me tornei feliz,não importando as circunstâncias!
Uma amiga costumava me dizer que em nosso coração tem um 'buraco' e nada cabe ali,é um espaço que só pode ser totalmente preenchido por Jesus!E isso é verdade,a mais pura verdade.

Hoje sou grata por ter sido resgatada de forma amorosa,hoje sou completa,feliz .Tenho problemas e fases,mas sim,sou feliz!
Hoje vejo que meus amigos verdadeiros continuam amigos mesmo que eu não vá aos bares e baladas com eles...
O Senhor realizou sonhos,mudou minha vida...Ele se importa comigo!


Assim,comemoro meus 10 anos!rsrsrs...
O que aconteceu antes disso,pouco me lembro!

Beijos!

Um comentário:

  1. Nossa Re, parece q em quesito amizade somos bem parecidas. Ou vc faz o q o outro querr ou nada. Quanto a ser tocada por Deus e seguir religião eu consegui só metade, fui tocada por Deus naquele quarto de hospital, mas nao consigo seguir uma religião.

    Beijos

    ResponderExcluir

Gostou?Deixe aqui seu comentário,ele é muito importante para mim!