domingo, 31 de agosto de 2014

Vazio pós-casamento + Novo emprego

Olá meninas,como estão?
Fiquei feliz por ter colaborado com algumas noivinhas através do meu testemunho,toda honra seja dada ao Senhor!Feliz por ver noivinhas confiando em Deus e Ele agindo...isso não tem preço!
Como muitas perceberam,fiquei meses sem um mísero post aqui né,mas valeu a pena voltar!
Vou contar o que aconteceu após o casamento...
Bom,os primeiros meses não foram fáceis,chorei muito,fiquei muito chateada ,sentindo um vazio terrível sem ter coisas do casamento para fazer,sem ter e-mails de fornecedores para ler e responder,sem ter prova de vestido...triste!
Minha mãe também ficou mal,e eu fiquei perdidinha...até que decidi procurar um emprego achando que seria melhor...
Pois bem,em fevereiro recebi a ligação de uma empresa,fiz entrevista e um teste de Excel,fui bem!Fui chamada para uma entrevista com a 'chefe',gostei da empresa,do salário,dos benefícios...começaria na semana seguinte!
Meninas,não teria como não ficar feliz,o local era perto de casa,eu não enfrentaria trânsito,metrô...tinha VR ,VT, assistência médica(ótima e sem desconto),PLR!Perfeito não é mesmo?!DEVERIA ser,mas eu não senti alegria,sai de lá meio triste e na minha cabeça eu pensei :"Deus do céu,era para eu estar feliz da vida,será que estou virando uma pessoa que não gosta de trabalhar?Uma preguiçosa?"
Mas lá fui eu fazer os exames admissionais, preparar a documentação, comprar algumas roupitchas (era obrigatório trabalhar de roupa social de segunda à quinta) e comecei!
Primeiro dia,muito chato...mas pensei: "Primeiro dia é sempre ruim ,né?!"
Primeira semana,continuava chato,e foi piorando!Descobri que do pessoal que trabalhava lá,a maioria (maioria mesmo gente) era nova,no máximo uns 3 anos de casa ,e a empresa tinha 13 anos,já comecei achar estranho.A moça do RH tinha entrado 1 semana antes que eu,a da cobrança também,um outro rapaz tinha 1 mês...comecei assustar!
Já percebi que havia o povo arrogante,ninguém colaborava sabe?Não me ensinaram o trabalho direito, quando eu perguntava era o mesmo que nada...comecei a irritar né?!Poxa,eu trabalhei no setor financeiro de uma multinacional,nunca me trataram como 'burra',em cerca de 3 dias de empresa eu já cuidava do serviço sozinha e lá a coisa não fluía,ambiente muito pesado!
Comecei a ter uma dor nas costas fora do normal,e eu vivia muito cansada,saía da empresa 17h50,pegava carona com a Jake e chegava em casa 18h15,mas parecia que eu pegava dois ônibus,um trem e um metrô para chegar em casa!Então,marido e eu decidimos que era melhor eu ficar em casa...pronto,problema resolvido!Meu período empregada durou 1 mês e 10 dias...hehe...
Fiquei sem o salário,sem o PLR,sem convênio bom,mas com uma paz imensurável!Falar que estamos 100 % tranquilos financeiramente não é algo verídico, temos contas,  ficamos meio sem dinheirinho,mas nada tem nos faltado!E sabemos que em breve tudo voltará ao normal e pronto...
O que aprendi? Que antes de aceitar propostas,por melhor que pareçam ser, devo consultar a Deus!Nem tudo o que reluz é ouro...
Portanto,estou em casa,trabalhando com doces,bem casados,artesanatos e o que mais aparecer para eu fazer!Fiz curso de bonecas gratuito da prefeitura aqui da cidade e estou pensando em muitas outras coisas!

Todos os dias aprendendo a confiar cada vez mais no que o Senhor me prometeu!
Tenham uma excelente semana!
Beijocas...

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Cheguei ao Altar | Hora de terminar

Quase um ano depois,chegou a hora de terminar esse CASEI!

O casei acaba,mas histórias nunca acabam,cada dia é algo diferente e o blog não é mais de noiva,agora é de esposa!Não é mais de festa de casamento,é de casamento propriamente dito,é de convivência,de adaptação,de aprendizado...de amor!

Quanto à fase noiva,vivi intensamente e aprendi o melhor da história: depender de Deus!
Ouvi muitas coisas do tipo: "Nossa,se eu fosse você,pegava esse dinheiro e ia viajar, fazer festa para encher barriga dos outros?"
Pois bem, a festa não foi para 'os outros', foi para nós, para dividirmos com as pessoas amadas nossa alegria!Não me arrependi de nada,faria tudo outra vez!

Não contratei buffet luxuoso, nem decoradora de nome muito menos assessora famosa , meu vestido não foi importado e nem de ateliê chique,contratei tudo melhor que isso,contratei os que foram escolhidos por Deus para me abençoar e fazer do dia que eu escolhi o dia perfeito, a decoração perfeita o evento perfeito,o vestido perfeito!

E a minha dica final para as noivinhas que estão com dificuldades é: NUNCA reclamem, murmurem...quando murmuramos, ficamos de mimimi a única coisa que demonstramos é que não confiamos em Deus!Sejamos gratas... Não,nunca fui a pessoa mais forte do mundo, eu chorava quieta e falava com quem poderia resolver tudo, falava com Deus, e como já contei, Ele me mostrava que estava comigo e que era fiel para cumprir tudo o que havia me prometido! E cumpriu,superou as minhas expectativas, fez mais do que eu imaginava! Quando a coisa ficava impossível aos meus olhos, Ele agia! E até hoje, quando eu olho para todos os lados e penso que nunca vou conseguir algo, que é impossível, eu me lembro de tudo o que Ele fez por mim...e as bênçãos dEle são infinitas e creio que contarei muitas bênçãos aqui ainda ,para honra e glória do Senhor!



Meninas,foi muito bom dividir com vocês as experiências...que venham mais!
Novas fases,novas histórias...

Beijocas!

Cheguei ao Altar | Azamigas

Olá meninas,como estão?
Espero que meus testemunhos tenham ajudado um pouquinho quem precisa de um empurrãozinho,de um pouco de fé...vale muito a pena acreditar!
Olha,cada coisinha foi muito preparada por Deus,e quem tem amigos tem tudo!E para quem vive na blogsfera sabe que existe sim amizade e sou prova disso...a começar pela minha dinda Shislaine que encontrei por aqui,e todas as outras blogueiras que estiveram comigo!
Estava chegando perto do casamento,e faltavam poucas coisas,como o arranjo do cabelo e o kit para o banheiro.Um dia,recebo um inbox da Denise oferecendo as flores que ela usou no casamento dela,gente,como assim?Não nos conhecíamos ,me senti muito honrada e sim,usei as flores dela(e estão comigo até hoje,que vergonha...Dê,eu vou devolver viu!!!)
As plaquinhas eu ganhei da linda da Edivania...e fizeram muito sucesso,serei eternamente grata!O kit para o banheiro eu encomendei dela também,durante meses tentei pagar,pedia o número da conta...ganhei também...e foi tudo perfeito demais gente!

"Meninas,só Deus sabe o quanto foram importantes para mim!E serão sempre lembradas...
Desejo à vocês tudo de melhor,que Deus as abençoe todos os dias!"

A plaquinha!

A outra plaquinha...

As flores lindas da Dê!

O que sobrou do kit...guardo com todo carinho!rs
O cabide que ganhei da Kelly já mostrei ,também foi muito amor!

Então meninas,quando Deus quer,é assim!

Muito,muito,muito obrigada à todas!
Beijocas

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Cheguei ao Altar | O vestido amarelo

Olá meninas,como estão?
Mais um post de testemunho,para quem acha que tudo é extremamente fácil,não foi bem assim
No meio da caminhada,tive dias ruins, medo,insegurança...
Mais uma vez corri para falar com o Pai,e mais uma vez Ele me deu o prazer de ver que sim,Ele cuidava de cada detalhe.
Certo dia vi uns vestidos amarelos de madrinha numa página do Facebook e senti uma vontade enorme de ter uma madrinha de amarelo,mas entendia que não é todo mundo que gosta dessa cor,certo?Então fiquei meio sem graça de pedir para que alguma madrinha usasse essa cor...comentei só com uma cunhada,e ela quase infartou...rsrsrs...Quando ia comentar com uma madrinha,ela me disse que já  tinha escolhido o dela,antes mesmo de falar do amarelão...
Fiquei quieta quanto ao amarelo...
E nesse dia,que eu estava desanimada de dar dó,mas sem reclamar com ninguém ,a Margarete e o Anderson vieram jantar em casa e ela já havia comentado comigo que queria que eu fosse com ela escolher o vestido,pois ela não entendia nadinha disso,então,papo vai papo vem ela falou: "Táta,eu estava pensando em que cor usar,e sei lá,me deu uma vontade de usar amarelo,o que você acha?"
Gente,o que eu achava?Achava que eu era a preferida de Deus...#meachando
Entendi mais uma vez que era Ele quem estava no comando!
E assim,a Margarete é uma pessoa muito básica,não gosta de nada muito chamativo e nunca imaginei na vida que ela usaria um vestido amarelo canário e acho que nem ela...rs
Mas Deus nos surpreende!!!
E sim,fui com ela escolher o vestido,e não tinha amarelo...e o amarelão foi feito pelas meninas que fizeram meu vestidón!
E foi perfeito!!!



Sim,mais uma vez Deus estava ali,fazendo tudinho para me alegrar...
Sou grata!

Beijocas meninas!

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Cheguei ao Altar | A Igreja

Gente,mais um detalhe cuidado por Deus no nosso casamento...
Pode parecer besteira,mas eu NUNCA quis me casar no cartório,ir lá,tirar a foto com a certidão...nunca quis,porém já havia me acostumado com a ideia de que teria de ser assim,ou eu teria de pagar os olhos da cara para que o juiz realizasse o casamento em outro lugar.
E outro sonho que eu tinha era o de me casar na Igreja Batista,mas eu era de outra igreja e na verdade não era de igreja nenhuma mais...uma vez comentei com uma colega que tinha vontade de me casar lá e ela já jogou um balde de água fria dizendo que o pastor não 'deixava' ninguém casar lá,que era chato e tal.Desencanei né...um dia,uma amiga que era da antiga igreja disse que estava frequentando a Batista e me convidou e eu fui.Fui num domingo,no outro não...no outro sim,até começar a frequentar todos os domingos.E comecei a frequentar nem foi porque queria me casar lá,foi porque gostei muito e estava sem igreja,enfim...E claro que eu fiquei muito sem graça de falar para o pastor que eu queria me casar ali!
Um certo domingo o Marcelo foi comigo e no seguinte o pastor perguntou do meu marido e eu falei que ainda éramos noivos e nos casaríamos em outubro,então ele disse que queria falar comigo no fim do culto.
Ent~~ao no fim do culto ele me perguntou sobre o casamento e onde eu iria me casar,eu disse que no civil apenas,pois não tinha decidido nada sobre igreja,então veio a pergunta que soou como música aos meus ouvidos: "Você quer casar aqui?"
Meu coração quase saiu pela boca,e mais,ele disse que faria o casamento religioso com efeito civil,ou seja,eu não precisaria me casar no cartório...
Gente,voltei para casa flutuando...e ao mesmo tempo eu não acreditava que era merecedora de todo esse cuidado de Deus!
A única pessoa que sabia do meu desejo de me casar ali era minha mãe!

Sabem,certa vez ouvi de um pastor que Deus estava pouco se importando se eu queria casar ou não,Ele tinha coisas mais importantes para cuidar,pois hoje eu digo que esse pastor estava completamente enganado,pois Deus cuidou de cada mínimo detalhe...Eu sonhei os sonhos dEle,os meus sonhos também eram os dEle e isso é perfeito!
Por isso meninas,sonhem!Digam para Deus exatamente o que desejam e Ele fará!

Beijos!

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Cheguei ao Altar | Começando os preparativos pela fé

Olá pessoas,como estão?
Bom,já já fazemos 1 ano de casados...está mais que na hora de acabar com esse CASEI,não acham?
Mas eu não poderia acabar com os relatos sem antes deixar aqui meu testemunho,vai ser longo,talvez muitos nem leiam,mas para mim é importante contar como foi a minha experiência de depender de Deus!
Era janeiro de 2013 e o que tínhamos para o casamento?A vontade de casar...eu não estava trabalhando,a casa da minha mãe estava parada por falta de grana...até que dia 16 de janeiro,um casal amado(que também foram nossos padrinhos) me questionou sobre o casamento,fiquei meio sem jeito e respondi que não sabia,pois eu via as outras noivas que se casariam depois que nós e já tinham casa,vestido,buffet...e eu,que pretendia me casar em outubro,nem emprego tinha!Foi então que me perguntaram:"Você quer casar que dia?"...Respondi: "26 de outubro de 2013..." - Respondi me achando bem cretina,era impossível fazer o casamento que eu sonhava sem emprego e em tão pouco tempo.
Então a Regiane disse: "Então você vai casar dia 26 de outubro e pronto.Não mude a data por nada e fale pra Deus exatamente o que você quer,a decoração,seu vestido o lugar...tudo,e Ele é quem fará seu casamento!"
Gente,confesso que não é fácil.Eu respondi 'Amém'...E com o dinheiro que entrava dos pães de mel eu ia comprando as coisas,as primeiras coisas foram as caixas para convidar padrinhos.Eu comprava de uma em uma,e ia fazendo,comprando tecido...
Foi assim que tudo começou,pela fé!
Arrumei um estágio,achei que ficaria nele por pelo menos 1 ano,contratei buffet e fotos,e também o meu vestido...ia meu salário todo,mas estava feliz!Com os pães de mel pagava outras coisinhas:caixinhas de lembrancinhas,tecido,fita...Mas quando completei 3 meses de estágio,tchau estagiária!Confesso que fiquei chateada,mas pensei:"Se Deus me trouxe até aqui,me levará até o fim!"
E assim foi,não me perguntem como,mas consegui pagar...
Trabalhei muito na Páscoa,fui pra 25 de março...comprei quase tudo o que seria preciso!

E quando eu ficava triste,Deus me alegrava e me fazia lembrar que Ele estava comigo!
Tenham fé sempre,mesmo quando tudo parece difícil,impossível,perdido...Deus está lá,trabalhando por você!
Beijocas...